Procrastinação: não deixe para amanhã suas resoluções de ano novo

6 Dicas para começar o ano com muito mais saúde
27 de dezembro de 2021
Exibir tudo

Procrastinação: não deixe para amanhã suas resoluções de ano novo

Apesar de ser uma palavra que confunde a pronúncia, “procrastinar” tem um significado bastante simples: deixar para depois. Por isso, evitar a procrastinação tem muito a ver com aquele ditado que todo mundo já deve ter ouvido da mãe ou de uma professora na escola: “não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”.

Para quem estabeleceu metas para ter uma vida mais saudável em 2022, chegou a hora de cumprir a promessa, mas para isso é preciso superar a tentação de adiar ou transferir para outro dia. Então, fizemos uma lista para você honrar o seu compromisso em ter mais saúde no ano novo.

Defina seus objetivos

Quando falamos de procrastinação, há um ponto que é preciso estar atento. Geralmente, trocamos tarefas prioritárias por outras não tão importantes. É como se nossa mente criasse uma “desculpa automática” para fugir daquilo que é uma obrigação, e assim, adiar por mais um dia ou uma semana. Então, na hora de estabelecer suas metas, utilize o conceito “poucas e boas”. Dessa forma, você prioriza aquilo que realmente precisa ser feito. Por exemplo: quando falamos em cuidar mais da saúde, dois objetivos já bastam para melhorar muito sua qualidade de vida, como se alimentar melhor e fazer exercícios.

Saiba que tipo de procrastinador é você

Autoconhecimento é essencial para qualquer atividade. Faça uma análise interior e descubra por que você costuma adiar tarefas importantes. Há quem deixe para depois por ser perfeccionista e só realizar algo se tiver condições de fazer o melhor. Mas lembre-se:  se não der para praticar uma hora de exercícios, meia hora é melhor do que não fazer. Há também quem foge da tarefa por medo de se arriscar ou porque teme uma mudança na rotina. Há também quem deixa para depois porque acredita que no fim tudo dá certo ou quem possui tantas tarefas no dia a dia que não sabe nem por onde começar. Neste último caso, lembre-se da primeira dica e priorize. É possível que muitas das coisas que você considera urgente, podem ser deixadas para depois, ao contrário da sua saúde que não pode esperar.

Vá por partes e crie suas próprias recompensas

Começar a praticar exercícios e se alimentar melhor podem ser mudanças difíceis para serem feitas de uma vez. Lembre-se de que sua resolução é para o ano e não para a próxima semana. Então, divida suas metas em partes e inclua recompensas para cada objetivo alcançado. Por exemplo: se você decidiu equilibrar sua dieta, comece cortando alimentos industrializados e, depois de alguns dias, libere um chocolate a mais ou alguma coisa que você goste muito. A ideia vale também para os exercícios. Depois da primeira semana de atividade física, se permita descansar ou fazer qualquer outra atividade prazerosa. Crie formas de recompensar seu esforço e dedicação para seguir em frente com seu projeto maior.

Controle a ansiedade

Uma das principais causas da procrastinação é a ansiedade. Quando estamos ansiosos achamos que tudo precisa ser resolvido na mesma hora, o que é impossível! Além disso, a ansiedade muitas vezes nos faz achar que tudo é urgente e isso atrapalha na definição das prioridades. Por isso, tenha cuidado com o uso do celular e dispositivos digitais em excesso. A enorme quantidade de informação tende a aumentar essa aflição que sentimos de ter muitas tarefas para resolver e aí esquecemos de fazer o que é mais importante porque qualquer coisa que aparecer vai entrar no topo da lista de prioridades. Fique atento também com a quantidade de café e bebidas que contém cafeína porque essa substância nos deixa mais ansiosos. Procure também incluir atividades como meditação, leitura, jardinagem e outras que permitam você focar sua mente para, quando sair delas, conseguir estabelecer a verdadeira ordem de importância das coisas.