Como cuidar da sua pressão arterial

Terapias alternativas: dicas para o seu bem-estar
26 de maio de 2022
O Inverno exige mais cuidados com a saúde de idosos
22 de junho de 2022
Exibir tudo

Como cuidar da sua pressão arterial

A hipertensão, ou pressão alta, como é conhecida popularmente, é uma doença decorrente do aumento da força que o sangue faz nas paredes das artérias para se movimentar pelo corpo. Quando essa força ultrapassa os limites normais, ou seja, 12 por 8, é preciso cuidados. Em geral, uma pessoa hipertensa tem uma pressão igual ou acima de 14 por 9.

Considerada uma das doenças crônicas mais comuns no mundo, a hipertensão atinge hoje em dia aproximadamente 30 milhões de brasileiros, de acordo com dados do Ministério da Saúde, no entanto, somente 10% dessas pessoas tomam os cuidados necessários para controlar a pressão. E é importante ressaltar que muita gente pode estar sofrendo desse mal e não sabe, porque a hipertensão não apresenta sintomas, sendo até chamada de “doença silenciosa”. As consequências dessa falta de controle da pressão alta vão desde problemas no coração, aumentando as chances de infarto e AVC, até problemas renais e oculares, entre outros.

Assim, para você começar a se cuidar, preparamos dicas importantes para prevenir e controlar os problemas causados pela pressão alta.

Diagnóstico médico

Como a hipertensão na maioria das vezes não apresenta sintomas, realizar exames periódicos é a melhor forma de identificar a doença. Em alguns casos, o médico poderá receitar remédios que controlam os níveis da pressão arterial. Mas é fundamental você ter em mente que o estilo de vida pode ajudar – e muito! – no controle da doença.

Menos sal, por favor

Existe uma história de que um grande empresário costumava levar os candidatos a uma vaga de emprego para almoçar. Se ele visse que a pessoa colocava sal na comida antes de experimentar, ela perdia a vaga. Para ele significava que o candidato toma decisões precipitadas, antes de conhecer o cenário. Lembre-se deste caso na hora de se alimentar e preparar sua refeição!

O sal é um grande inimigo dos hipertensos. Portanto, é melhor caprichar em temperos como alho, cebola, ervas e reduzir a quantidade de sal. A recomendação da OMS (Organização Mundial de Saúde) é que uma pessoa deve consumir no máximo uma colher de chá de sal por dia.

A alimentação correta

Você costuma usar o cubinho de caldo de carne, frango ou legumes? Então, preste atenção! Alimentos como esses são chamados de “ultraprocessados” e costumam conter grandes quantidades de sódio, o que é péssimo para manter a pressão arterial sob controle. Salgadinhos, macarrão instantâneo, conservas e temperos como o shoyu também são vilões e devem ser evitados.

Em 1997, foi criada a dieta Dash, sigla em inglês que significa “dieta de combate à hipertensão”. Entre os alimentos recomendados para cuidar da pressão arterial estão as frutas, verduras e legumes, grãos integrais como aveia, farinha de trigo integral, arroz integral e quinoa, leite e derivados desnatados, castanhas, amendoim, nozes, avelãs e azeite de oliva, além de carnes magras como peixe, frango e os cortes bovinos menos gordurosos.

Abaixo ao sedentarismo!

Realizar atividade física também é essencial para o controle da pressão, principalmente os exercícios aeróbicos como correr, pedalar e nadar. No entanto, para começar atividades como essas é importante consultar um especialista, porque os exercícios costumam elevar um pouco a pressão durante a prática para depois mantê-la em níveis normais.

Outros cuidados

Não fumar, reduzir o consumo de álcool e café são determinantes para melhorar os níveis da pressão arterial. Além disso, procure ter em mente duas missões especiais: a primeira é dormir bem. A segunda é aliviar o estresse. Procure atividades que tragam relaxamento e bem-estar. Você pode praticar meditação ou realizar atividades simples que fazem bem, como a jardinagem, brincar com as crianças ou os animais da casa, e cozinhar, com pouco sal, é claro!