Atividades presenciais: como retomar o contato com segurança e bem-estar

Nutrição: boa alimentação se reflete na saúde e não é preciso gastar muito
30 de março de 2022
Terapias alternativas: dicas para o seu bem-estar
26 de maio de 2022
Exibir tudo

Atividades presenciais: como retomar o contato com segurança e bem-estar

A filósofa alemã Edith Stein disse certa vez: “o que vale a pena possuir, vale a pena esperar”. Sem dúvidas, a espera para voltarmos com as atividades presenciais foi longa, mas aos poucos, vamos retomando a possibilidade do contato com o mundo externo. No entanto, ainda que em algumas cidades do país o uso de máscaras tenha sido liberado, é importante manter alguns cuidados para você aproveitar a liberdade da melhor forma possível. Confira as dicas.

 

Uso da máscara

Como dissemos acima, muitas cidades no país já liberaram a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos e até em estabelecimentos comerciais. Mas não se esqueça: no transporte público e em locais de prestação de serviços de saúde como consultórios, hospitais e postos de saúde, ela segue obrigatória. Então, é bom manter seu kit de máscaras na bolsa ou na mochila para se proteger nestes ambientes. Além disso, cada pessoa deve respeitar sua própria vontade. Muita gente ainda não se sente segura para abandonar as máscaras e está tudo bem. Não há nada que impeça de utilizá-las. Ao contrário, especialistas ainda recomendam o uso, principalmente em lugares com mais aglomeração de pessoas, como os supermercados ou shoppings. Além disso, mesmo com a retomada do trabalho presencial, muitas empresas mantiveram o uso da proteção em suas dependências até que a situação esteja definitivamente normalizada.

 

Reunião de família e amigos

Participar das festas de aniversários, churrascos e outras reuniões familiares e com amigos depois de tanto tempo faz bem para o bem-estar. Todos gostamos de estar junto com as pessoas que amamos, mas alguns cuidados ainda podem ser mantidos. Dê preferência para as reuniões em locais arejados e com livre circulação de ar. Isso ajuda a prevenir a transmissão não só da Covid-19 como também de outras doenças respiratórias. É fundamental que todos tenham tomado ao menos duas doses da vacina. Neste momento, os dados da saúde mostram que a vacinação tem sido eficaz para reduzir a transmissão do vírus e, consequentemente, as internações. Os hábitos de lavar as mãos com frequência e utilizar o álcool em gel também devem ser mantidos. Aliás, esses cuidados serão alguns que deverão permanecer em nossa rotina porque também nos protegem de outras doenças transmissíveis pelo contato.

 

Ao praticar exercícios físicos

Nunca é demais lembrar que a atividade física não só previne e ajuda controlar doenças crônicas como diabetes e hipertensão, como também aumenta a imunidade contra os vírus, inclusive o da Covid-19. Então, fazer exercícios e se alimentar bem continuam a valer para você se proteger nesse momento de retomada das atividades presenciais. Para quem faz academia, muitas já liberaram a obrigatoriedade das máscaras. No entanto, o mais importante é que você tenha segurança e conforto. Estudos mostraram que a utilização das máscaras de tecido não interfere de maneira significativa na prática de atividades físicas moderadas ou intensas. Portanto, se você ainda prefere treinar com sua máscara, vá em frente! O principal é se sentir bem aonde quer que você vá.

 

Vale repetir: o mais importante é se sentir bem

Além da segurança física, você precisa se sentir bem para sair de casa e voltar a ter contato com o mundo externo. Como a pandemia atinge muitas pessoas das mais diferentes formas, é natural que muita gente sinta receio de voltar às atividades e não há problema nisso. Especialistas como psicólogos e psiquiatras alertam para que o medo não se torne uma fobia e impeça que a pessoa deixe de fazer atividades essenciais de sua rotina. Nesses casos, vale a pena procurar auxílio de um profissional para que, aos poucos, a pessoa se sinta bem para voltar à ativa, sempre com os cuidados para a segurança física que já comentamos neste artigo.