A importância da atividade física para todas as idades

O Inverno exige mais cuidados com a saúde de idosos
22 de junho de 2022
Passo a passo para guardar seus remédios com segurança
18 de julho de 2022
Exibir tudo

A importância da atividade física para todas as idades

Antes de falarmos sobre os seus benefícios, é importante ressaltar um ponto que assusta muita gente. Praticar atividades físicas não significa que você precisa ter uma rotina de atleta.

 

Para ficar mais claro, vale entender o significado de uma palavra que é o oposto da atividade física: “sedentarismo”. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), uma pessoa é sedentária quando ela não pratica o mínimo de esforço recomendado. Mas o que isso significa?

 

O que é o sedentarismo?

 

O mínimo de atividade física pode ser entendido de três formas. A primeira conta equivale a uma caminhada de, mais ou menos, 7 quilômetros por dia. Outra possibilidade é a prática de 150 minutos de atividade aeróbica moderada semanal (o mesmo do que meia hora de exercícios, cinco vezes por semana). Ou, por último, é possível ser ativo com 75 minutos de atividade vigorosa por semana, o mesmo do que 25 minutos em três dias. Acredite: não é muito.

 

Infelizmente, 47% dos brasileiros acima de 18 anos não chegam nem a esse primeiro passo. De acordo com uma pesquisa da Ipsos, o número de horas dedicadas às atividades físicas, pelos brasileiros, é só a metade da média global. Enquanto em países como a Alemanha e a Holanda, as pessoas chegam a fazer entre 11 a 12 horas semanais de atividades, no Brasil, essa taxa não passa de 3 horas, a menor de toda a América Latina.

 

Mas a pior parte dessa história é ficar atrás na corrida pela saúde. Afinal, o sedentarismo tem graves consequências: ele é a quarta maior causa de mortes no mundo. Quem não pratica atividades físicas corre – com o perdão do trocadilho – mais riscos de desenvolver doenças cardiovasculares, diabetes, demência, entre outros problemas crônicos.

 

Corpo: um projeto em movimento

 

Se os números do sedentarismo não fizeram você mudar de ideia sobre a importância da atividade física, imagine a seguinte situação: você tem um carro; ele está sempre abastecido, limpo, lubrificado, com as peças novas, mas tem um problema: você não tira ele da garagem.

 

Assim como um automóvel, o nosso corpo foi projetado para o movimento. Por isso, a pior coisa que você pode fazer com ele é deixá-lo parado. Inclusive, esqueça aquela separação entre o corpo e a mente. No fim das contas, tudo está conectado no mesmo sistema. Além da atividade física proteger o coração de doenças crônicas, ela também é essencial para o bom funcionamento da mente porque promove melhores conexões neurais.

 

Exercícios também são recomendados para a inteligência, a memória e até para o bom humor. As novas tecnologias trouxeram mais comodidade para realizar muitas tarefas, mas se quiser ter uma vida, realmente, saudável é preciso deixar o celular de lado e se mexer.

 

Benefícios da atividade física em todos os estágios da vida

 

Para quem tem dúvidas sobre como a atividade física é capaz de melhorar a qualidade de vida de qualquer pessoa, novos estudos mostram que até as mulheres grávidas que fazem exercícios ajudam a proteger os seus bebês de futuras doenças, como o diabetes. Ou seja, a atividade física faz bem para as pessoas antes mesmo delas nascerem.

 

Para as crianças, a prática de exercícios não está ligada, apenas, à prevenção de futuras doenças. As atividades físicas e o esporte são ferramentas que auxiliam no desenvolvimento de capacidades físicas e motoras da criança, além de fortalecer as habilidades socioemocionais, como: aumento da capacidade de resolução de conflitos, de tomadas de decisão, resiliência, escuta ativa, o diálogo e a autonomia, características que melhoram a socialização e, lá na frente, ajudam a evitar a ansiedade e a depressão.

 

Aliás, a socialização também é um benefício da prática de exercícios na terceira idade, mas a atividade física também ajuda a controlar, prevenir e combater as doenças físicas e mentais. Idosos ativos fortalecem o seu sistema imunológico, previnem e controlam muito melhor as doenças crônicas, como o diabetes e a hipertensão, além de manter a mente saudável. Em outras palavras, você pode levar em conta a sua idade na hora de planejar a frequência e a intensidade de uma atividade física, mas os seus benefícios valem por toda a vida.